domingo, 8 de março de 2015

Entrevista: Felipe Sales

Postado por Viviann Kelly às 12:11

Agradecemos a oportunidade e o carinho depositado no Point da Literatura

Felipe Sales Mariotto, nascido em 18/01/1980 na cidade do Rio de Janeiro, médico formado pela UFRJ, em sua estreia literária.

         1-   Felipe, qual foi sua inspiração para escrever A festa?

A Festa não teve nenhuma inspiração específica, mas surgiu da necessidade de apresentar uma sociedade que, por muitas vezes, se deixa levar pelos estereótipos de beleza em detrimento da essência que nutre cada um de nós.

2 -    Vejo em sua biografia que é formado em medicina, o que fez escrever seu primeiro livro?

            Constantemente sinto uma curiosidade por novos temas e artes. Não pretendo carregar um único carimbo: o médico. Quero desenvolver outras potencialidades. Sempre gostei de escrever poemas. Então, por que não escrever um livro?

3-   Como conheceu esse mundo literário?

A leitura faz parte do meu dia a dia. A viagem que o livro propõe é algo encantador. Escrever é criar um mundo novo, descobrir universos inteiros dentro da infinita capacidade criativa de cada um. De tanto ler e imaginar, quis colocar ideias minhas no papel. Depois, vieram as pesquisas na internet e o estímulo de amigos e leitores.

4-   Como você define os personagens de seu livro?

São pessoas normais presenteadas pela natureza com um dom: a beleza. Os principais são:
Richard, que sempre foi carente e submisso, mas sua imagem era sua arma de sedução e fortaleza.  Quando o encanto se quebrou, ele não soube lidar com a perda.
Ítalo, seu namorado, precisava mostrar para si e para sua família sua capacidade de crescimento, mas não conseguia controlar seus impulsos autodestrutivos.
Isabelle era uma boneca de porcelana com vida, porém de temperamento forte e independente. Pedro, seu namorado, era o mais centrado de todos e loucamente apaixonado por ela.
Pablo, o mauricinho do grupo, gostava de meninos e meninas, mas sofria com a vida vazia que levava.

5-   Se pudesse ser um personagem de todos os livros que já leu, qual seria?

Robert Langdon, sempre nos melhores cenários e desvendando os maiores mistérios.

6-   Qual seu maior sonho?

Ser cidadão do mundo, sem endereço fixo, viajando ao lado das melhores companhias.

7-   Para qual tipo de publico é o seu livro?

Um público sem pudores, dispostos a enxergar um mundo sem barreiras. Não creio que a temática homossexual e erótica torne o livro exclusivo desse segmento de leitores.

8-   Deixe uma mensagem para os leitores de Point da Literatura

Não se iluda, nem se engane.
Não se desespere, nem reclame.
Erre, aprenda e mude.

Mantenha acesa a chama.


Para minha chama de escritor permanecer acesa, preciso de divulgação. Quem gostou do livro, por favor, multiplique.

9-   Pense Rápido: Uma pessoa, um lugar, um momento, um filme?

Uma pessoa: minha mãe.
Um lugar: uma noite estrelada no deserto.
Um momento: quando eu ouvi “Eu te Amo”
Um filme: Hoje Eu Quero Voltar Sozinho.


10-              Quais seus planos para 2015?

Lançar meu novo livro (LEON) e muitas viagens.



Agradecemos o carinho desse autor que sempre está nos acompanhando com o crescimento do Blog, desejamos sucesso nessa sua carreira e que seja apenas o começo!


0 comentários:

Postar um comentário

 

Point da Literatura Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review